Biblioteca do Comum

Ciberativismo, cultura hacker e o individualismo colaborativo

Dublin Core

Título

Ciberativismo, cultura hacker e o individualismo colaborativo

Assunto

Participação Digital, Ciberativismo, Cultura Hacker

Descrição

o texto discute as relações entre o ciberativismo e a cultura hacker. Busca mostrar a influência da contracultura norte-americana na construção do “hacktivismo”. indica a conexão existente entre as mobilizações colaborativas para o desenvolvimento de softwares livres e o pensamento hacker, que prega distribuir o poder e emancipar as pessoas pelo acesso às informações. descreve as abordagens teóricas que esclarecem a crescente relevância dos protocolos, códigos e softwares como principais intermediários da comunicação social. Conclui com a caracterização de um individualismo colaborativo que emergiu da sociabilidade hacker e que se baseia no compartilhamento de ideias e na emancipação individual pelo conhecimento.

Autor

Sérgio Amadeu da Silveira

Fonte

REVISTA USP, São Paulo, n.86, p. 28-39, junho/agosto 2010

Editor

Revista USP

Data

2010

Colaborador

[no text]

Direitos

Livre

Relação

[no text]

Formato

PDF

Idioma

Português

Tipo

Artigo

Identificador

[no text]

Abrangência

[no text]

Livro Item Type Metadata

Texto

[no text]

Original Format

[no text]

Arquivos

SILVEIRA S. A (2010) Ciberativismo, Cultura Hacker e o Individualismo Colaborativo.pdf

Referência

Sérgio Amadeu da Silveira, “Ciberativismo, cultura hacker e o individualismo colaborativo,” Biblioteca do Comum, acesso em 19 de novembro de 2017, http://www.bibliotecadocomum.org/items/show/37.